segunda-feira, 17 de março de 2014

Esperar no Senhor?!


Ele dá força ao cansado e aumenta as forças ao que não tem nenhum vigor. Os Jovens se cansarão e se fatigarão, e os mancebos cairão, mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças; subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; andarão, e não se fatigarão. Isaías 40,31
Olá Jovem. Hoje abordarei um assunto muito interessante. Novamente é um assunto que precisa muito ser compreendido. Sua compreensão é vital para nossas vidas. O assunto é: Esperar no Senhor.

Gostaria de ter como exemplo, o Esperar no Senhor, o Salmo de número 78. Lá teremos não somente 1 exemplo, mas vários exemplos de pessoas que esperaram e não esperaram no Senhor. Veremos neste Salmo o que ocorre com os que esperam e o que ocorre com os que não esperam. Recomendo-lhe ler o Salmo por completo. Gasta um tempo mais é gratificante. Vejamos o Salmo:

Escutai a minha lei, povo meu; inclinai os vossos ouvidos às palavras da minha boca.
Abrirei a minha boca numa parábola; falarei enigmas da antiguidade.
Os quais temos ouvido e sabido, e nossos pais no-los têm contado.
Não os encobriremos aos seus filhos, mostrando à geração futura os louvores do Senhor, assim como a sua força e as maravilhas que fez.
Porque ele estabeleceu um testemunho em Jacó, e pôs uma lei em Israel, a qual deu aos nossos pais para que a fizessem conhecer a seus filhos;
Para que a geração vindoura a soubesse, os filhos que nascessem, os quais se levantassem e a contassem a seus filhos;
Para que pusessem em Deus a sua esperança, e se não esquecessem das obras de Deus, mas guardassem os seus mandamentos.
E não fossem como seus pais, geração contumaz e rebelde, geração que não regeu o seu coração, e cujo espírito não foi fiel a Deus.
Os filhos de Efraim, armados e trazendo arcos, viraram as costas no dia da peleja.
Não guardaram a aliança de Deus, e recusaram andar na sua lei;
E esqueceram-se das suas obras e das maravilhas que lhes fizera ver.
Maravilhas que ele fez à vista de seus pais na terra do Egito, no campo de Zoã.
Dividiu o mar, e os fez passar por ele; fez com que as águas parassem como num montão.
De dia os guiou por uma nuvem, e toda a noite por uma luz de fogo.
Fendeu as penhas no deserto; e deu-lhes de beber como de grandes abismos.
Fez sair fontes da rocha, e fez correr as águas como rios.
E ainda prosseguiram em pecar contra ele, provocando ao Altíssimo na solidão.
E tentaram a Deus nos seus corações, pedindo carne para o seu apetite.
E falaram contra Deus, e disseram: Acaso pode Deus prepararnos uma mesa no deserto?
Eis que feriu a penha, e águas correram dela: rebentaram ribeiros em abundância. Poderá também dar-nos pão, ou preparar carne para o seu povo?
Portanto o Senhor os ouviu, e se indignou; e acendeu um fogo contra Jacó, e furor também subiu contra Israel;
Porquanto não creram em Deus, nem confiaram na sua salvação;
Ainda que mandara às altas nuvens, e abriu as portas dos céus,
E chovera sobre eles o maná para comerem, e lhes dera do trigo do céu.
O homem comeu o pão dos anjos; ele lhes mandou comida a fartar.
Fez soprar o vento do oriente nos céus, e o trouxe do sul com a sua força.
E choveu sobre eles carne como pó, e aves de asas como a areia do mar.
E as fez cair no meio do seu arraial, ao redor de suas habitações.
Então comeram e se fartaram bem; pois lhes cumpriu o seu desejo.
Não refrearam o seu apetite. Ainda lhes estava a comida na boca,
Quando a ira de Deus desceu sobre eles, e matou os mais robustos deles, e feriu os escolhidos de Israel.
Com tudo isto ainda pecaram, e não deram crédito às suas maravilhas.
Por isso consumiu os seus dias na vaidade e os seus anos na angústia.
Quando os matava, então o procuravam; e voltavam, e de madrugada buscavam a Deus.
E se lembravam de que Deus era a sua rocha, e o Deus Altíssimo o seu Redentor.
Todavia lisonjeavam-no com a boca, e com a língua lhe mentiam.
Porque o seu coração não era reto para com ele, nem foram fiéis na sua aliança.
Ele, porém, que é misericordioso, perdoou a sua iniqüidade; e não os destruiu, antes muitas vezes desviou deles o seu furor, e não despertou toda a sua ira.
Porque se lembrou de que eram de carne, vento que passa e não volta.
Quantas vezes o provocaram no deserto, e o entristeceram na solidão!
Voltaram atrás, e tentaram a Deus, e limitaram o Santo de Israel.
Não se lembraram da sua mão, nem do dia em que os livrou do adversário;
Como operou os seus sinais no Egito, e as suas maravilhas no campo de Zoã;
E converteu os seus rios em sangue, e as suas correntes, para que não pudessem beber.
Enviou entre eles enxames de moscas que os consumiram, e rãs que os destruíram.
Deu também ao pulgão a sua novidade, e o seu trabalho aos gafanhotos.
Destruiu as suas vinhas com saraiva, e os seus sicômoros com pedrisco.
Também entregou o seu gado à saraiva, e os seus rebanhos aos coriscos.
Lançou sobre eles o ardor da sua ira, furor, indignação, e angústia, mandando maus anjos contra eles.
Preparou caminho à sua ira; não poupou as suas almas da morte, mas entregou à pestilência as suas vidas.
E feriu a todo primogênito no Egito, primícias da sua força nas tendas de Cão.
Mas fez com que o seu povo saísse como ovelhas, e os guiou pelo deserto como um rebanho.
E os guiou com segurança, que não temeram; mas o mar cobriu os seus inimigos.
E os trouxe até ao termo do seu santuário, até este monte que a sua destra adquiriu.
E expulsou os gentios de diante deles, e lhes dividiu uma herança por linha, e fez habitar em suas tendas as tribos de Israel.
Contudo tentaram e provocaram o Deus Altíssimo, e não guardaram os seus testemunhos.
Mas retiraram-se para trás, e portaram-se infielmente como seus pais; viraram-se como um arco enganoso.
Pois o provocaram à ira com os seus altos, e moveram o seu zelo com as suas imagens de escultura.
Deus ouviu isto e se indignou; e aborreceu a Israel sobremodo.
Por isso desamparou o tabernáculo em Siló, a tenda que estabeleceu entre os homens.
E deu a sua força ao cativeiro, e a sua glória à mão do inimigo.
E entregou o seu povo à espada, e se enfureceu contra a sua herança.
O fogo consumiu os seus jovens, e as suas moças não foram dadas em casamento.
Os seus sacerdotes caíram à espada, e as suas viúvas não fizeram lamentação.
Então o Senhor despertou, como quem acaba de dormir, como um valente que se alegra com o vinho.
E feriu os seus adversários por detrás, e pô-los em perpétuo desprezo.
Além disto, recusou o tabernáculo de José, e não elegeu a tribo de Efraim.
Antes elegeu a tribo de Judá; o monte Sião, que ele amava.
E edificou o seu santuário como altos palácios, como a terra, que fundou para sempre.
Também elegeu a Davi seu servo, e o tirou dos apriscos das ovelhas;
E o tirou do cuidado das que se acharam prenhes; para apascentar a Jacó, seu povo, e a Israel, sua herança.
Assim os apascentou, segundo a integridade do seu coração, e os guiou pela perícia de suas mãos.
Salmos 78:1-72

Leu? Se sim. Provavelmente já entendeu. É simples a mensagem. Esperar no Senhor. Ter esperança Nele. Confiar plenamente Nele. Temos de exemplo, neste Salmo, a nação Israelita. Foi dado à eles inúmeros sinais e prodígios. Deus sempre os socorriam. Porém mesmo com um Deus tão presente, estes não acreditavam completamente Nele. Mesmo Deus tendo dado alimento à Eles, eles ainda não confiava que Deus os daria alimento no outro dia. Mesmo Deus tendo água, eles não esperavam que Deus os dariam água novamente. Entendes?

Conosco é parecido. Esquecemos de confiar em Deus. Não é confiar um pouco. É confiar completamente Nele. Confiar toda a nossa vida Nele. Confiar realmente. Dizer: Pai confio em Ti. Faça de minha vida o que desejar. Se disser estas palavras com sinceridade tenho por certo que ele o fará. E fará porque? Porque Ele É. Porque Ele é a única Rocha Eterna. Somente Nele há salvação. Somente Nele há confiança. Somente Nele há Vida. Somente Nele há bondade. Porque somente Ele é Bom! Confie Nele. Entregue-se completamente à Ele. Acredite, Ele é real. Agora mesmo ele está te assistindo lendo este artigo. Fale com Ele agora.

Deixo outro excelente Salmo. Não sei se poderei acrescentar algum comentário. Creio que não há necessidade. Leia-o com todo o Entendimento e encontrarás o que ele diz. É muito legal ele. Mesmo.

NÃO te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniquidade.
Porque cedo serão ceifados como a erva, e murcharão como a verdura.
Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado.
Deleita-te também no Senhor, e te concederá os desejos do teu coração.
Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará.
E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia.
Descansa no Senhor, e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos.
Deixa a ira, e abandona o furor; não te indignes de forma alguma para fazer o mal.
Porque os malfeitores serão desarraigados; mas aqueles que esperam no Senhor herdarão a terra.
Pois ainda um pouco, e o ímpio não existirá; olharás para o seu lugar, e não aparecerá.
Mas os mansos herdarão a terra, e se deleitarão na abundância de paz.
O ímpio maquina contra o justo, e contra ele range os dentes.
O Senhor se rirá dele, pois vê que vem chegando o seu dia.
Os ímpios puxaram da espada e armaram o arco, para derrubarem o pobre e necessitado, e para matarem os de reta conduta.
Porém a sua espada lhes entrará no coração, e os seus arcos se quebrarão.
Vale mais o pouco que tem o justo, do que as riquezas de muitos ímpios.
Pois os braços dos ímpios se quebrarão, mas o Senhor sustém os justos.
O Senhor conhece os dias dos retos, e a sua herança permanecerá para sempre.
Não serão envergonhados nos dias maus, e nos dias de fome se fartarão.
Mas os ímpios perecerão, e os inimigos do Senhor serão como a gordura dos cordeiros; desaparecerão, e em fumaça se desfarão.
O ímpio toma emprestado, e não paga; mas o justo se compadece e dá.
Porque aqueles que ele abençoa herdarão a terra, e aqueles que forem por ele amaldiçoados serão desarraigados.
Os passos de um homem bom são confirmados pelo Senhor, e deleita-se no seu caminho.
Ainda que caia, não ficará prostrado, pois o Senhor o sustém com a sua mão.
Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua semente a mendigar o pão.
Compadece-se sempre, e empresta, e a sua semente é abençoada.
Aparta-te do mal e faze o bem; e terás morada para sempre.
Porque o Senhor ama o juízo e não desampara os seus santos; eles são preservados para sempre; mas a semente dos ímpios será desarraigada.
Os justos herdarão a terra e habitarão nela para sempre.
A boca do justo fala a sabedoria; a sua língua fala do juízo.
A lei do seu Deus está em seu coração; os seus passos não resvalarão.
O ímpio espreita ao justo, e procura matá-lo.
O Senhor não o deixará em suas mãos, nem o condenará quando for julgado.
Espera no Senhor, e guarda o seu caminho, e te exaltará para herdares a terra; tu o verás quando os ímpios forem desarraigados.
Vi o ímpio com grande poder espalhar-se como a árvore verde na terra natal.
Mas passou e já não aparece; procurei-o, mas não se pôde encontrar.
Nota o homem sincero, e considera o reto, porque o fim desse homem é a paz.
Quanto aos transgressores, serão à uma destruídos, e as relíquias dos ímpios serão destruídas.
Mas a salvação dos justos vem do Senhor; ele é a sua fortaleza no tempo da angústia.
E o Senhor os ajudará e os livrará; ele os livrará dos ímpios e os salvará, porquanto confiam nele.
Salmos 37:1-40


----

Este foi o Água Para Vida de hoje. Gostou do que leu? Compartilhe-o! Achou algo interessante, alguma reflexão.. Qualquer coisa. COMENTE!! Fiquem na Paz. Até amanhã.
Ah. Desculpa-me por não ter postado sábado e domingo. Estive um pouco mal e sem internet. Os dois ao mesmo tempo.