segunda-feira, 10 de março de 2014

Um abismo chama outro abismo??


Um abismo chama outro abismo
Salmos 42

Quando leio este versículo imagino um enorme buraco. No suposto fim deste enorme buraco temos outro buraco ainda maior. E assim se segue continuamente. Buracos enormes atrás de buracos enormes. Creio que esta é a melhor definição de abismos. Um chama o outro. O fim de um abismo é outro abismo.

Observe este outro Salmo:
Das profundezas à ti clamo: ó Senhor. Senhor escuta a minha voz. Sejam os teus ouvidos atentos à voz das minhas súplicas. Se Tu, Senhor, observares as iniquidades: Senhor, quem subsistirá? Porém contigo está o perdão; para que sejas temido. Aguardo ao Senhor, a minha alma também aguarda e espera na Sua Palavra.
Salmos 130.
Há alguma semelhança, eu lhe pergunto, com as nossas vidas? Realmente não estávamos, ou estamos, presos em abismos e abismos? Estávamos já condenados à morte?
Porém a Saída deste abismo é nos dito neste Salmo de número 130: Aguardar no Senhor, a nossa alma aguarda e espera em Sua Palavra. Sim aguardar Nele. E confiar nas Palavras Dele! Porque Nele há o perdão e a salvação. Somente Ele pode nos tirar de qualquer abismos que estamos ou que venhamos cair.

Há outro ponto interessante da frase: Um abismo chama outro abismo. No geral vamos definir este abismo como o pecado. E o pecador aquele que está caindo neste abismo. Quando este cair neste abismo a tendência é cair em outro e se aprofundar mais e mais neste. Às vezes o pobre pecador pensa: "Este é um pequeno abismo. Quando eu quiser poderei sair deste" Pobre pecador. Se esquece que após este abismo virá outro abismo e outro e outro... Por isto a bíblia enfatiza: Retira o seu pé do mal! Retirar quer dizer realmente retirar. Como já foi escrito neste blog, neste artigo: há um caminho que parece ao homem ser correto, mais o seu fim é a morte. O que devemos fazer com este caminho? Fugir! Porque devemos fugir? Porque realmente é um abismo que vai levar à outro e à outro e seu fim é a morte!

Ainda falando de abismos que no princípio parece tão simples e correto. Temos o exemplo de Davi. Sim. O Grande Rei Davi conheceu de perto o que está escrito: Um abismo leva à outro abismo. Vejamos:
Davi saiu para contemplar seu reino em um determinado momento. Detalhe ele já estava de certo modo entrando em um abismo, por estar em ociosidade, detalhe do detalhe é que enquanto ele estava ocioso o seu povo batalhava ferozmente. Enquanto Davi caminhava em um de seus terraços ele vê uma bela jovem se banhando. Você se pergunta: Que mal há nisto? É somente um pequenino erro ele vê uma jovem se banhando. Aparentemente é um pequeno erro, ou um pequeno abismo. Porém este abismo levou à outro e à outro e à outro e à outro. Isto porque ele desejou aquela jovem. O desejo para se transformar em realidade é no cair de um pequeno abismo. Ele se deitou com aquela jovem. Porém havia descoberto que aquela jovem era casada. Ele ordena que o marido daquela jovem venha ser colocado na linha de frente da batalha a fim que morra! E assim ocorre. O marido daquela mulher morre. Após o homicídio Deus enviou um profeta que o disse:
E o SENHOR enviou Natã a Davi; e, apresentando-se ele a Davi, disse-lhe: Havia numa cidade dois homens, um rico e outro pobre.
O rico possuía muitíssimas ovelhas e vacas.
Mas o pobre não tinha coisa nenhuma, senão uma pequena cordeira que comprara e criara; e ela tinha crescido com ele e com seus filhos; do seu bocado comia, e do seu copo bebia, e dormia em seu regaço, e a tinha como filha.
E, vindo um viajante ao homem rico, deixou este de tomar das suas ovelhas e das suas vacas para assar para o viajante que viera a ele; e tomou a cordeira do homem pobre, e a preparou para o homem que viera a ele.
Então o furor de Davi se acendeu em grande maneira contra aquele homem, e disse a Natã: Vive o Senhor, que digno de morte é o homem que fez isso.
E pela cordeira tornará a dar o quadruplicado, porque fez tal coisa, e porque não se compadeceu.
Então disse Natã a Davi: Tu és este homem. Assim diz o Senhor Deus de Israel: Eu te ungi rei sobre Israel, e eu te livrei das mãos de Saul;
E te dei a casa de teu senhor, e as mulheres de teu senhor em teu seio, e também te dei a casa de Israel e de Judá, e, se isto é pouco, mais te acrescentaria tais e tais coisas.
Por que, pois, desprezaste a palavra do Senhor, fazendo o mal diante de seus olhos? A Urias, o heteu, feriste à espada, e a sua mulher tomaste por tua mulher; e a ele mataste com a espada dos filhos de Amom.
Agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa, porquanto me desprezaste, e tomaste a mulher de Urias, o heteu, para ser tua mulher.
Assim diz o Senhor: Eis que suscitarei da tua própria casa o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres perante os teus olhos, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres perante este sol.
Porque tu o fizeste em oculto, mas eu farei este negócio perante todo o Israel e perante o sol.

2 Samuel 12:1-12
Viu, caro leitor? De uma pequena ociosidade ou de um pequeno olhar hoje todo este abismo na casa de Davi. Se acompanhares a história verás que até o fim da vida de Davi a espada não se apartou de sua casa pelo seu princípio de abismo, sua filha foi violada por seu próprio filho, outro filho matou este filho e este outro filho intentou matar e roubar o trono do próprio Davi.. Vejas era somente um pequeno abismo no princípio.

Para terminar gostaria de lembrar. Deus não se deixa escarnecer, tudo que o homem plantar ele certamente colherá! Se plantas abismos colherás um tanto mais de abismos. Mesmo que tenhas se arrependido o seu fruto chegará. Como chegou à um dos mais honrados homens da história.

E hoje é somente. Que Deus possa nos livrar de todo Abismo do pecado. Meu nome é Abraão Pereira, e este foi o Água Para Vida de Hoje! Amanhã teremos outro artigo semelhante a este.
Novamente lembro: Se achou que o assunto aqui tratado é importante: Compartilhe-o!
Algo a comentar sobre ele? Qualquer coisa.. COMENTE!!
Fiquem na Graça e Paz de nosso Salvador.
Amém.