terça-feira, 11 de março de 2014

Um bom dia no inferno??


UM BOM DIA NO INFERNO

Bom dia Jovens e Jovas. Hoje é Terça-Feira. Dia 11 de Março. Sim já se passaram 3 meses do ano de 2014. E hoje trouxe à vocês um texto que julgo ser interessante a ser ler. Como já disse no blog algum dia poderei eu trazer algum texto de outro autor, algumas reflexão ou mensagem de terceiros... e HOJE é o dia de tal.
Este é um texto que levanta a questão do qual ruim poder passar a eternidade com choro e ranger de dentes. Sim. Sei dos pontos desta doutrina. E que esta visão seja um tanto quanto errônea para alguns.. Porém leiamos com cuidado e examinemos. Até amanhã com outro artigo. Amém.
Todos nós temos visto o adesivo que diz: “Um mau dia de pesca é melhor do que um bom dia de trabalho”. Se isso é verdade ou não, tenho minhas dúvidas. Porém estou certa de que “um mau dia convivendo com a dor é muito melhor do que um bom dia no inferno”.
Você pode passar dias, ou mesmo anos a fio, sofrendo as conseqüências de um grande trauma físico ou moral, pode achar que ninguém se importa, que ninguém compreende o que você está sofrendo e pode até acreditar que o seu problema não poderia ser pior. Contudo, antes que se perca na desesperança do seu problema, existem coisas que você deve apreciar. Se está sofrendo, agora mesmo, provavelmente está fazendo isso num lugar aquecido (se for durante o inverno e morar em Teresópolis, RJ) ou numa sala com ar condicionado. É mais provável que tenha em sua casa alimento suficiente para vários dias. Provavelmente até conhece alguém que se preocupa com as suas necessidades. Esta noite vai dormir com roupa de cama limpa, na segurança do seu lar. São estas as bênçãos que a tecnologia tem oferecido às pessoas da classe média, como você e eu, e mesmo vivendo num país subdesenvolvido e cheio de políticos corruptos e ladrões, com o mensalão e outras patifarias políticas (como acontece no Brasil), sem dúvida você ainda está bem melhor agora do que se estivesse torrando no inferno.
 
Se você sofre uma dor prolongada, e ainda  não confiou em Jesus Cristo como Salvador, o seu verdadeiro sofrimento nem sequer começou! Se morrer sem Cristo, irá diretamente para o inferno. Será condenado ao tormento, nas chamas desse lugar, por toda a eternidade, sem qualquer possibilidade de alívio. O pior dia de dor que você porventura já tenha experimentado neste mundo, parecerá um dia de prazer e de festa, quando comparado a um bom dia no inferno.
 
Se você não gosta do seu desconforto atual, garanto-lhe que vai odiar o inferno. Pelo contrário, se está querendo fazer agora um esforço para aliviar a sua dor, por que, então,  hesitar em fazer o que for necessário para evitar o eterno tormento do inferno?
A Bíblia diz que ninguém merece a vida eterna por sua própria retidão. Romanos 3:23 diz o seguinte: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”. Isto significa todos, sem exceção alguma. Você tentará inutilmente argumentar comigo sobre a boa pessoa que você é, mas bem que conhece os seus pecados secretos. Você sabe que não é realmente bom. Bom há somente um, que é Deus! Apocalipse 21:8 coloca todos os mentirosos em pé de igualdade com os tímidos, incrédulos, abomináveis, homicidas, fornicadores, feiticeiros e idólatras. Você pode até estar inocente em alguns desses pecados deploráveis, porém sabe que é um mentiroso. Todos nós somos mentirosos, quase por exigência do contexto social em que militamos. Por essa razão o seu destino é o mesmo dos outros, ou seja “...no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte”.
        
É impossível você escapar desse destino, frequentando uma igreja, onde se cantam corinhos e se dança cheio de alegria, achando que está salvo por causa dos cultos que frequenta, porque está salvando o meio ambiente ou seguindo as dicas do seu  teólogo (agnóstico) favorito. Vai ser condenado, de qualquer maneira. A Bíblia destrói qualquer esperança de conseguir caminhos que possam nos levar ao céu. Só há um caminho e este é Jesus Cristo! (João 14:6). Efésios 2:8,9 diz o seguinte:“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie”. Não há obras que você possa praticar, a fim de contrabalançar a malignidade dos seus pecados. Suportar uma grande dor neste exíguo tempo de existência aqui na terra nada é comparado à idéia de queimar no inferno por toda a eternidade. Se você não é tão justo como Jesus Cristo foi, não pode ter esperança alguma de escapar de um destino muito pior do que alguns anos ou décadas de dor. Sua situação seria completamente sem esperança, se não fosse pelo que Jesus falou em João 3:16: ”Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna”. Na 2 Coríntios 5:21 Paulo diz: “Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós, para que nele fôssemos feitos justiça de Deus”.
 
O sofrimento (espiritual e físico) que Jesus Cristo suportou na cruz foi total e suficiente para neutralizar todos os nossos pecados. A Bíblia diz, em Romanos 6:23: ”Porque o salário do pecado é a morte, mas o Dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor”. Quando  expirou na cruz, Jesus Cristo pagou todos os pecados da humanidade e ao mesmo tempo adquiriu o dom da vida eterna para cada pessoa neste mundo. Você já aceitou Jesus Cristo como o seu Salvador pessoal? Se não, por que não? Está na hora! Amanhã poderá ser tarde demais! Reconheça que é um pecador perdido, arrependa-se, peça que Deus o perdoe e confie em Jesus Cristo como o seu salvador pessoal.
 
Antes de tudo, você precisa admitir que é um pecador perdido  e que realmente merece o inferno. (Se você não puder admiti-lo, honestamente, pelo menos uma vez na vida, então o seu problema é grave demais). Em seguida, deve crer que o sacrifício de Jesus Cristo na cruz foi suficiente para apagar todos os seus pecados. Não há coisa alguma que você realize, aqui ou depois da morte, que possa acrescentar algo ao que Ele realizou na cruz. Você deve crer que a morte, o sepultamento e a ressurreição do Senhor Jesus Cristo (1 Coríntios 15:1-4) aconteceram por sua causa, simplesmente porque Deus ama você! Lembre-se de que Jesus está vivo e somente Ele pode lhe dar a vida eterna. Você deve invocá-Lo em oração,  deve orar, admitindo que merece o inferno, e pedir que Ele entre em seu coração e lhe dê o dom da vida eterna (Romanos 10: 9,13). Faça isto, amigo, e veja como se sentirá feliz, muito feliz! Jesus Cristo é a única Verdade. Ele nos dá garantia de felicidade, aqui e agora! Ser um cristão bíblico é gozar as delícias celestiais, aqui mesmo na terra!
 
Se você rejeitar essa oferta de salvação que Deus lhe faz, estará se encaminhando para um sofrimento muito maior do que qualquer dor e sofrimento que tem experimentado até hoje em sua vida. Quando estiver no inferno, você vai olhar para trás, cheio de saudade dos dias em que sofria aqui na terra. Quando estiver no inferno, você jamais poderá escapar. Então irá descobrir, e já muito tarde,  que “um mau dia de convivência com a dor, neste mundo, é muito melhor do que um bom dia no inferno”!
 
Se você não consegue suportar a dor física ou moral que está sofrendo agora, não seria melhor se livrar daquela eterna dor inevitável? Não seria melhor evitar a dor que experimentará por toda a eternidade? Talvez você não possa fazer coisa alguma para evitar a sua dor atual, mas pode se livrar completamente do sofrimento eterno, confiando o futuro de sua alma a Jesus Cristo. Nele você pode e deve confiar!

----
Mary Schultze, 01/12/2005
(Inspirado no capítulo 7 do livro “Living With Pain”, do Dr. Samuel Gipp).